5.2.07

Jonh Constantine/ Hellblazer - by Valmar Oliveira


Acrilica sobre duplex
Jonh Constantine, da série Hellblazer. Criado pelo mago Alan Moore na revist Mosntro do Pantano, com as feiçoes de Sting, ele foi descaracterizado completamnrte numa aberraçao que saiu nos cinemas. Ai em baixo vai a ficha técnica do personagem, que no cinema foi "interpretado" por um dos mais mediocres e insossos "atores" de Hollywood...

John Constantine :

Data de nascimento: 10 de maio de 1953
Local de nascimento: Liverpool, Inglaterra
Altura: 1,78 m
Peso: 68 Kg
Cabelo: Loiro
Olhos: Azuis

John Constantine é um dos mais famosos e carismáticos personagens das HQs da DC Comics / Vertigo. Um cara normal metido a ser mago ou vice-versa, depende do seu humor ou do ponto de vista. Para muitos só de chegar perto já se sente o cheiro de má influência. Sempre com um cigarro da marca Silk Cut na boca e enchendo a cara pelos Pubs de Londres, criou muito mais inimigos do que amigos por onde passou. E não foi só nesse plano, não!!! Mas no Inferno, no Céu e onde você conseguir imaginar. Porém, não foram só inimigos... também há aqueles que ele conhece e que por algum motivo lhe devem um ou mais favores os quais ele sempre faz questão de cobrar quando a barra fica pesada ou só por diversão. A maioria de seus amigos, para não dizer quase todos, morreram por alguma encrenca oculta na qual o mago inglês estava metido e isso lhe tornou uma pessoa bastante reclusa e com certo receio em se aproximar de qualquer um. Talvez por conhecer o histórico de sua perigosa família que possui algum tipo de maldição que John herdou e leva todos aqueles que o ame para o fundo do poço ou pior: cinco palmos abaixo da terra.
Extremamente arrogante, enganador e decidido a ponto de desafiar o próprio demônio e vencer se realmente quiser, Constantine conhece a natureza humana melhor do que qualquer um pode sonhar e nunca sai perdendo em qualquer diálogo que trave com outra pessoa, sempre sabe a hora e a coisa certa a se dizer para deixar quem estiver por perto sem nenhuma reação. Sem contar a enorme biblioteca sobre ocultismo, magia, demônios e assuntos obscuros que ele leva consigo em sua perturbada mente.
Bem, isso é apenas um centésimo do que se pode dizer sobre esse maravilhoso personagem criado por Alan Moore, Steve Bissette e John Totleben como um mero coadjuvante da revista Monstro do Pântano em junho de 1985, publicada no Brasil pela editora Abril em formatinho com o título Monstro do Pântano #1 (janeiro de 90). O sucesso foi tanto que não demorou tanto para a DC criar um título mensal sobre o personagem em janeiro de 1988. O primeiro time criativo desse novo e duradouro título foi nada menos que Jamie Delano e John Ridgway. Logo depois tivemos lendas como Garth Ennis, Will Simpson, Steve Dillon, Warren Ellis e por aí afora.
Só para dar um pouco de arrepio e citar o pior acontecimento da vida de John, quando ele ainda era jovem, extremamente arrogante e metido a sabe-tudo ele condenou a alma da pobre criança chamada Astra ao Inferno na cidade que só lhe trás más recordações: Newcastle.

10 Motivos pelos quais Constantine, o filme é ruim:
1- John Constantine, moreno e americano, faz propanganda anti-tabagista;

2 - John Constantine tem um sidekick engraçado. O diretor chega a por o próprio John comparando seu jovem parceiro ao Robin caso alguém não tenha entendido;

3 - John Constantine quer ir para o Céu quando morrer e busca redenção;

4 - A coisa mais sacana que ele faz no filme inteiro é *quase* - mas não o faz - sugerir para uma mulher ficar nua qdo não era necessário;

5 - John Constantine *VAI* mesmo para o Céu quando morre;

6 - John Constantine *PARA* de fumar no final do filme;

7 - John Constantine nasceu com poderes;

8 - John Constantine reza pedindo ajuda a Deus;

9 - John Constantine é atendido;

10 - Putz, ele faz propaganda anti-cigarro e para de fumar!!!!No 2 vai ser o quê, parar de beber?

Um comentário:

Og disse...

Muito bom Valmaxx!
Bela resenha
deu até uma encorpada no blog
assim além de ver
tem o quer ler tb
/o/