19.1.11

I Semana do Quadrinho Nacional na Bahia : Conheça os artistas participantes e os quadrinhos que serão lançados no primeiro dia de evento

Um grande time de quadrinhistas participará da primeira mesa da Semana do Quadrinho Nacional na Bahia. O bate-papo se iniciará às 18 horas do dia 27 de janeiro (quinta-feira) e será seguido de lançamento de HQs dos autores presentes. Veja mais informações abaixo:

Autores presentes à mesa de debate

Luis Augusto

Fala Menino

Luis Augusto C. Gouveia nasceu em Salvador, no dia 03 de fevereiro de 1971. Antes de sua formatura em Arquitetura e Urbanismo, em 1994, já trabalhava com arte-educação em escolas da Bahia. Como quadrinista, trabalhou com ZIRALDO, fazendo histórias para a revista O Menino Maluquinho, da Editora Abril, e publicou, em 1989, a tira LIU E O MÁGICO DO SOBACO, no Jornal A Tarde (Bahia). Em 1995, recebeu Menção Honrosa no 1º Concurso Nacional de Histórias em Quadrinhos da Academia Brasileira de Artes (SP). Fez, também, ilustrações em N. York e desenho animado em São Paulo. A partir de sua experiência em salas de aula, nasceu o FALA MENINO!. Da percepção lógica de que a infância é um momento de fantasia, alegria, aventuras e brinquedos, mas, também, de descobertas, perigos, questio-namentos, medos, dor. Hoje, seus quadrinhos são lidos em todo o país. O Fala Menino! é parceiro do Unicef, premiado com menção honrosa no Primeiro Prêmio Ibero Americano de Comunicação pelos Direitos das Crianças, em 1999.

André Leal

Leal
Trabalha com quadrinhos há nove anos, e publicou HQs em coleções como a “Front” da editora Via Lettera, desenhando os mais diversos gêneros, e ficando inclusive em terceiro lugar no Salão do Piauí de 2009, na categoria desenho para quadrinhos.

Valmar

Mar
Quadrinista, músico e educador, começou a fazer quadrinhos nos anos 80, em fanzines sobre super-herois. Participou da AQB (Associação de Quadrinistas da Bahia), grupo de fanzineiros que se reuniam para troca de idéias e experiências. Participou de fanzines, publicou quadrinhos na revista Crau, da extinta Impression, quadrinhos eróticos pela 2M (Brazil e HQ Brazil), e no núcleo de pesquisa da UFBA (Universidade Federal da Bahia), onde se formou como Bacharel em Artes Plásticas, participou de vários salões de humor nacionais e internacionais (como a 4th Cartoons Undercover na Bélgica e o XXX Salão de Piracicaba), trabalhou como free lancer para algumas agências publicitárias em Salvador como ilustrador. Publicou HQs pela Editora Júpiter II (antiga SM) nas revistas Boca do Inferno e Raio Negro. Atualmente faz parte do Coletivo HQ Inpendente Bahia/ Área 71, tendo publicado a Revista Área 71.

Sidney Carvalho


É bacharel em Artes Plásticas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), ilustrador, arte-finalista e quadrinhista. Foi cartunista do jornal Correio da Bahia, de Salvador, e participou de vários salões de humor do Brasil e do exterior. Durante dez anos, trabalhou como desenhista da equipe do Estúdio Cedraz, do cartunista baiano Antônio Cedraz, onde ilustrou histórias em quadrinhos da premiada “Turma do Xaxado”. Em 2010, lançou a coleção Miudins – 30 Anos de Periferia, o seu primeiro projeto pessoal e autoral. A coleção consiste numa seleção de tirinhas em quadrinhos dos Miudins.

Leandro Pessoa


É jornalista, músico e professor, responsável pelos roteiros da tira Metous. A tirinha, que pode ser lida no Blog do Metous, é uma HQ de situações cotidianas relacionadas ao universo da cultura canábica e a diversidade de perspectivas relacionadas ao consumo da planta Cannabis Sativa. A tira também é publicada no site Hempadão, no portal da Eletrocooperativa, no zine O Fino da Massa e também distribuída em edições da Marcha da Maconha.

André Betonnasi

Betonnasi
Professor da Universidade do Estado da Bahia no curso de Desenho Industrial. Possui graduação em Desenho Industrial com habilitação em Programação Visual pela Universidade do Estado da Bahia (2001). Especialização em Metodologia de Pesquisa e Extensão em Educação pela Universidade do Estado da Bahia (2003). Mestrado em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia (2006). Doutorado em Comunicação e Cultura Contemporânea pela Universidade Federal da Bahia (2010). Pesquisador na área de Comunicação e Cultura, com ênfase nos aspectos narrativos das histórias em quadrinhos. Atua como pesquisador nos seguintes temas: Histórias em Quadrinhos, Narrativas Visuais (Fotografia e Quadrinhos), Texto/Imagem, Sintaxe Visual, Mangá, Tipicidade do Herói e Mito. Coordenador do Laboratório de História em Quadrinhos do DCET – UNEB. Criador da revista em quadrinhos Tudo com Farinha.

Hector Salas

Salas
Publicitário formado pela Universidade Católica de Salvador. Acumula prêmios importantes em Publicidade, Design gráfico e ilustração, a exemplo das marcas do carnaval de Salvador em 2001 e 2007, e possui trabalhos expostos em vários países. Tem passagem por diversas agências de publicidade e assessorias de imprensa. Foi colaborador dos jornais Pasquim 21 e Brazilian Press. Recentemente foi vencedor do primeiro concurso GAG de Tiras, promovido pela Ed. Marca de Fantasia, tendo seu trabalho impresso como forma de premiação.

Lançamento de HQs

Fala, Menino!


Da imaginação do premiado cartunista baiano Luis Augusto surgiu Lucas, o menino de quase 10 anos que levou para as tiras em quadrinhos as histórias, aventuras e dilemas vivenciados na infância. À medida que novos roteiros surgiam outros personagens emergiram da imaginação do artista. Hoje, a Turma do Lucas reúne mais de 50 personagens que ilustram situações relacionadas a drogas, sexualidade, racismo, religião, inclusão social, diferenças físicas e sociais, presentes nas 100 páginas do livro Fala, Menino! – As tiras em quadrinhos. A obra é numa parceria da Fala Menino Produções com o selo Amarilys, da Editora Manole.

Miudins

MIUDINS, série de tiras em quadrinhos de Sidney Falcão, retrata a vida na periferia, com seus tipos, linguajares, cenários e situações; um material criado a partir da vivência pessoal do autor, um artista plástico morador da periferia soteropolitana há 30 anos. Além de um projeto de produção e circulação de História em Quadrinhos, “MIUDINS – 30 anos de periferia” propõe uma ação de inclusão cultural participativa, na medida em que abre espaço para a população da periferia expor seu pensamento nas páginas dos livros, através da publicação de depoimentos de 12 moradores, que falam de assuntos do local onde moram ou trabalham, em nível pessoal ou geral, introspectivo, social, reflexivo; com humor ou seriedade… enfim, com a liberdade para se expressar artisticamente.

Área 71

71

Coletânea de HQs curtas feitas por autores baianos, que abrangem diferentes gêneros como humor, aventura, ficção científica e terror. Os diversos autores que participaram dessa HQ têm experiências variadas no mercado de quadrinhos, ilustração e roteiro, havendo desde experientes artistas como Cedraz (Turma do Xaxado), Hector Salas (da tira O Inferno São os Outros) e Marcos Franco Penitência e Lucas da Vila de Sant’Anna da Feira) a novatos como Fabrício Campos, Rodrigo Vinicius e Ulisses Almeida. Além disso, a revista conta com artigo do jornalista baiano Gutemberg Cruz, terceira capa de Iaina Estrela e pôster feito por Wilson Jr. Tudo em 48 páginas, formato americano (17X26cm), capa colorida, miolo em P&B com 4 páginas internas coloridas e ao valor de R$3,50

Revista FRONT

A Revista FRONT é uma publicação surgida de listas de discussão na Internet e que integrou diversos artistas gráficos brasileiros de excelência. Publicada pela Editora Via Lettera, a revista parou de ser editada pela mesmo em 2008 e desde então não teve novos números. Em seus dez anos de existência, a publicação contou com a participação do baiano André Leal, que traz os números em que contribuiu para venda na I Semana do Quadrinho Nacional na Bahia. Mais em http://www.vialettera.com.br/front/

Nenhum comentário: